Arenas Transnacionais, Políticas Públicas e Meio Ambiente: O Caso da Palma na Amazônia. Veiga, J. P. C. & Rodrigues, P. C. Ambiente e Sociedade, 2016.
abstract   bibtex   
Este artigo discute a ascensão de atores não estatais na produção de regras e normas ambientais e sociais em arenas transnacionais que escapam ao controle de governos e organizações internacionais. Este trabalho é resultado de uma pesquisa de campo realizada, entre janeiro e março de 2012, nos municípios de Moju, Tailândia e Acará, no estado do Pará, que compõem a principal região produtora de palma no Brasil. Trata-se de estudo de caso de uma empresa produtora de óleo de palma na Amazônia cuja sinergia com as políticas públicas projeta o soft power brasileiropor meio da influência na regulação transnacional privada com a obtenção de selos e certificados socioambientais, reconhecidos pelos stakeholders presentes na cadeia produtiva global da commodity. Utiliza-se a literatura acadêmica sobre regulação e governança privada para realçar a ascensão de atores não estatais como produtores de regras nas relações internacionais contemporâneas.
@article{veiga_arenas_2016,
	title = {Arenas {Transnacionais}, {Políticas} {Públicas} e {Meio} {Ambiente}: {O} {Caso} da {Palma} na {Amazônia}},
	volume = {19},
	issn = {1809-4422},
	abstract = {Este artigo discute a ascensão de atores não estatais na produção de regras e normas ambientais e sociais em arenas transnacionais que escapam ao controle de governos e organizações internacionais. Este trabalho é resultado de uma pesquisa de campo realizada, entre janeiro e março de 2012, nos municípios de Moju, Tailândia e Acará, no estado do Pará, que compõem a principal região produtora de palma no Brasil. Trata-se de estudo de caso de uma empresa produtora de óleo de palma na Amazônia cuja sinergia com as políticas públicas projeta o soft power brasileiropor meio da influência na regulação transnacional privada com a obtenção de selos e certificados socioambientais, reconhecidos pelos stakeholders presentes na cadeia produtiva global da commodity. Utiliza-se a literatura acadêmica sobre regulação e governança privada para realçar a ascensão de atores não estatais como produtores de regras nas relações internacionais contemporâneas.},
	language = {Português},
	number = {4},
	journal = {Ambiente e Sociedade},
	author = {Veiga, João Paulo Cândia and Rodrigues, Pietro Carlos},
	year = {2016}
}

Downloads: 0